Benefícios Fiscais em IRS
Estamos a chegar ao final do ano de 2010 e todos nós começamos a fazer contas ao nosso Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS), pelo que vamos deixar algumas dicas do que ainda pode fazer até final do ano para aproveitar ao máximo os benefícios fiscais.

- Fundos de poupança Reforma (PPR’S) - dedução de 20% dos valores aplicados com o limite de : 400€ por sujeito passivo com idade inferior a 35 anos; 350€ por sujeito passivo com idades compreendidas entre 35 anos e 50 anos; 300€ por sujeito passivo com idade superior a 50 anos;

- Energias Renováveis – importâncias despendidas – Dedução à colecta de IRS de 30% das importâncias despendidas com:

- Aquisição de equipamentos de energias renováveis e de equipamentos complementares indispensáveis ao seu funcionamento;

- Aquisição e obras de melhoria das condições de comportamento térmico de edifícios;

- Veículos exclusivamente eléctricos ou movidos a energias renováveis não combustíveis, com limite de 803,00€.

- Aplicações a prazo – Rendimentos – Isenção de tributação:

- De 60% dos rendimentos das aplicações com prazo superior a 8 anos;

- De 20% dos rendimentos das aplicações com prazo superior a 5 anos e inferiores a 8 anos;

- Mais-Valias de Imóveis destinados a Habitação Própria e Permanente – Isentas de tributação se o valor de realização for reinvestido na aquisição de imóvel com o mesmo destino.

- Mais-Valias de acções, obrigações e outros títulos de dívida – Isenção de tributação até 500,00€.

- Incentivo à Reabilitação Urbana:

- Dedução à colecta de 30% dos encargos relacionados com a reabilitação;

- Tributação a taxa de 5% das mais-valias realizadas com imóveis recuperados situados em área de reabilitação urbana;

- Tributação a taxa de 5% dos rendimentos prediais de imóveis recuperados situados em área de reabilitação urbana e de imóveis objecto de reabilitação passíveis de actualização faseada das rendas nos termos do NRAU.